Indoctrination Theory

SPOILERS TERRÍVEIS PRA QUEM NÃO JOGOU MASS EFFECT 3

Já aviso pra não chorar depois. E se preparem, esse post vai ser longo.

Vamos começar pela pergunta básica: Que raios é isso? Indoctrination Theory, que em português seria Teoria da Doutrinação, é uma teoria que os fãs do mass effect criaram para explicar o final completamente sem sentido do jogo.
Quando eu joguei eu DE FATO achei o final estranho, mas como tinha muita gente falando que um jogo era um lixo só por causa disso (mentira mentira mentira) eu resolvi ignora completamente essa teoria achando que era só mais um jeito de ser hater do jogo. Bom, percebi que não, eles têm de fato algumas evidências muito fortes, e como fiquei ontem vendo sobre, resolvi que o Ideias em Roxo ia se posicionar.

No final do post tem os três links que eu usei, e a partir do documentário (que o cara junta todas as evidências encontradas até agora) eu vou mostrar o meu ponto de vista de cada uma delas. Mas veja, é bem interessante e eu gostei muito.

AGORA OS SPOILERS COMEÇAM MESMO

Quando eu joguei eu notei algumas coisas estranhas no jogo, mas eu não dei muito pensamento. Primeiro o molequinho, que só o Shepard viu na terra mesmo tendo vários soldados por aí. Também notei que CADÊ O FINAL BOSS? E a que mais me deixou pensando: Por que o Anderson representa o caminho renegade se ele SEMPRE foi o símbolo de paragon e o Illusive Man representa o paragon se ele SEMPRE foi renegade.
Confesso que depois de ver os vídeos me senti muito burra. Como deixei tudo isso passar?

MAS O QUE RAIOS É ESSA TEORIA QUE EU AINDA NÃO ENTENDI?
É uma teoria feita pelos fãs que diz que a partir do momento que Shepard é atingido pelo reaper quando tá correndo para o raio na terra, depois da chuva de monstros que a gente teve que matar, ele começou a entrar num sonho/alucinação. A teoria não diz que o Shepard já está “doutrinado” (sim, vou falar em português mesmo) e sim que os reapers tão tentando fazer isso desde o começo do Mass Effect 3, e esses últimos momentos do jogo são as tentativas finais e fatais de fazê-lo sucumbir, portanto a última decisão que você toma no jogo (caminho azul, verde e vermelho, lembra?) é que defini se ele foi doutrinado ou não.

Mas espera aí Clarice, ainda não entendi, o que é essa Indoctrination/Doutrinação sei lá dafuq?
De acordo com o codex do jogo, Indoctrination é um jeito que os reapers usam para corromper a mente de seres orgânicos, usando campos eletromagnéticos e ultrassônicos (me perdoem os entendidos se tiver falando besteira, só to traduzindo aqui) reprogramando o cérebro e suas condições físicas e psicológicas. A vítima fica altamente influenciável pelos reapers. As vítimas podem ter dor de cabeça, sons estranhos no ouvido, acham que estão sendo observados e tem alucinações. Os reapers usam o corpo da vítima para amplificar seus sinais, parecendo como vozes alieníginas em suas mentes. Elas podem trair amigos e confiar em inimigos. Uma pessoa afetada pela doutrinação por muito tempo pode ter as habilidades mentais afetadas. Uma doutrinação lenta dura por meses ou anos.

Bom, agora que isso já tá mais ou menos explicado, vamos para as evidências. Lembrando que de acordo com a teoria, depois que Shepard foi atingido ele está SONHANDO. Eu vou apresentar a evidência e dizer se é válida, não válida ou parcialmente válida. (pode ser ou não evidência).

Harbinger DEIXA o campo de batalha mesmo Shepard ainda estando vivo: VÁLIDA
Pensa comigo: O Harbinger tava lá para IMPEDIR que qualquer um alcançasse o raio, já que é o único meio de destruir a ameaça dos reapers naquela altura do jogo. Mas caramba, se eu fosse o Harbinger e tivesse lá atirando na galera e achasse que tá todo mundo morto, eu ia dar uma última olhada ou esperar um pouco pra ter certeza, caso contrário eu posso ser destruída, não? Pois é, ele simplesmente vai embora, sendo que o Shepard, e aparentemente o Anderson também, sobrevivem. Tipo, dafuq? Mas Clarice, o Harbinger é MUITO MAIOR que o Shepard, e se ele não viu porque era muito pequeno? Quantas vezes o Harbinger não viu o Shepard mesmo com a diferença de tamanho? Isso não seria impedimento, já que no jogo JÁ enfrentamos reapers grandes que nos viam muito bem.

Plantas do campo de batalha IGUAIS a dos sonhos: NÃO É VÁLIDA
Eu acreditava nessa e muita gente também, mas quando eu fui olhar outros vídeos daquela corrida final eu vi as mesmas árvores, ou seja, elas sempre estiveram lá e não foram simplesmente colocadas porque “ah, é parecido com o sonho”

Som do campo de batalha depois da queda é IGUAL ao do sonho: VÁLIDA
Eu acho sim que tem a ver, quer dizer, de TANTOS sons porque justo o mesmo mas com tons diferentes? Quando parei pra pensar nessa, acabei pensando: bem, se ele foi atingido ele talvez ouvisse um som bizarro assim, mas por que o sonho reproduziu o mesmo? Cheguei a conclusão que talvez fosse porque ele tava sonhando com a batalha final, mas como ele ia saber que ia ser atingido daquele jeito sendo que quando ele começou a ter os sonhos ele nem sabia direito como funcionava o Crucible? A menos que tenha uma teoria sobre Shepard ser vidente, eu não sei como explicar essa. Ah Clarice, mas as vezes esses caras são preguiçosos, colocaram o mesmo som e fim. Ok, meu próximo argumento bate essa.

Descrições da Rachni Queen MUITO PARECIDOS com os sonhos de Shepard: VÁLIDA
A Rachni Queen foi doutrinada, até aí nenhuma novidade. A questão é que quando a encontramos LÁÁÁ no mass effect 1, depois de matar a Benezia, ela fala que ouvia SONS ESTRANHOS e SOMBRAS OLEADAS. Por favor, voltem em qualquer cena do sonho do Shepard, você não sempre ouve um som estranho e vê sombras oleadas? Eu sempre achei que as sombras representassem pessoas que ‘morreram’ por causa dos reapers, como a culpa de Shepard se manifestando e ainda acho que é um pouco disso também, mas é muito igual a descrição para ser ignorada.

Lentidão do sonho e lentidão pós raio: PARCIALMENTE VÁLIDA
Eu acho que essa parte pode sim ter sido colocada de propósito, mas então por que não colocar a lentidão durante toda a parte? Depois que Shepard chega na Citadel, ele anda normal. E antes de entrar ele ainda tava zonzo por causa do ataque, mas ainda assim é muito parecido, então eu realmente não sei o que pensar dessa parte.

Efeito de transição do jogo, luz forte branca: NÃO É VÁLIDA
Desculpa gente, mas eu acho que é só um efeito mesmo. Ok, é muito específico, mas ele aparece em momentos do jogo que não tem muita ligação com todo o lance da doutrinação.

Fundo borrado: PARCIALMENTE VÁLIDA
Quando você olha para trás durante o jogo depois de ser atingido, o caminho que você veio tá borrado. Os reapers poderiam ter deixado assim na mente de Shepard tipo “vai pra frente”, mas os jogos também não fazem isso com a gente? Se me disserem que a Bioware fez pra impedir que fossemos pra outro lugar, eu não acharia tão sem sentido assim.

Posição de Shepard: VÁLIDA
Shepard é atingido muito mais longe do raio do que quando ele acorda. Ué, mas ele foi jogado pra frente? A menos que a física tenha mudado nesses dois anos que eu não estudo ela mais, porque do jeito que ele foi atingido, ele não devia ter voado para trás? Posso até estar errada, mas acho que pra frente ele não seria jogado, porque ele FOI atingido de frente.

Armadura de Shepard diferente depois que é atingido: NÃO É VÁLIDA
Tipo, ok, depois de ver mais vídeos eu percebi que ela era diferente. Eu pensei que: e se a parte exterior foi “dizimada” e a parte interna é daquele jeito? E MESMO QUE tenha sido de propósito e não alguma preguiça da Bioware, o que raios eles indicariam? Se os reapers queriam fazer uma ilusão, por que trocar a armadura? Ok, eu admito que é estranho a troca, mas não vejo onde isso afeta a teoria.

Corpos mortos antes de entrar no raio: VÁLIDA
Ok, vamos lá, se você tá brincando com a mente de uma pessoa e ainda mais, usando a culpa como fator, provavelmente na alucinação dela terão elementos que a lembrem disso. Vamos começar por Shepard sempre se culpar por todos os humanos perdidos no Mass Effect 2 pelos Collectors, e perceba, há pilhas de corpos ao redor de onde Shepard caiu, mas em lugares ESPECÍFICOS e não por todos os lados como devia ter. MUITO parecido com o jeito que eles ficavam na base dos Collectors, certo? Ok, vamos chegar perto dos corpos. Perceba que só há DOIS TIPOS, um com armadura branca e rosa e outro com armadura azul e preta. Ok, eu admito, azul e preto são cores comuns, mas onde mais você viu branco e rosa numa armadura? Sim, a armadura da ASHLEY no Mass Effect 1, quando você conheceu ela E na missão de Virmire. E aliás, o Kaidan não usava azul e preto em Virmire? Tá, mas o que tem Ashley e Kaidan em Virmire? Ok, se você jogou, você não vai fazer essa pergunta porque provavelmente é a decisão mais triste e difícil do Mass effect 1, que vai te assombrar pelo resto da trilogia, mas lembrando, você tem que escolher um pra deixar pra trás (no meu caso a Ashley). Quer mais culpa que isso? Muitos diálogos entre a minha Shepard e Kaidan era como eles sobreviveram juntos a morte da Ashley. Shepard é cheio de culpa por ter deixado um dos dois para trás. Então o que fazer? Joga na memória coisa que a lembre disso. E o que isso tem a ver com a doutrinação? Se você ainda não entendeu vamos para uma pergunta mais fácil: Por que RAIOS teriam tantos corpos em lugares específicos com o mesmo tipo de armadura, e a branca e rosa que é extremamente específica por aí? Eu não lembro de ter visto tantas pessoas correndo e NINGUÉM de rosa, e só nas laterais? Mas os produtores são preguiçosos ué. Então por que se dar ao trabalho de colocar a pilha ali?

“Ninguém sobreviveu!”: VÁLIDA
Assim que você acorda de novo e pela teoria, começa o sonho, você ouve uma transmissão “Ninguém sobreviveu”. Mas você se levanta, sai andando, atira em reapers… Ninguém te viu? Mas era uma pessoa num campo grande cheia de corpos! Ok, e o Anderson? Ele consegue entrar também, descobrimos isso quando entramos no raio, e ainda mais, DEPOIS de Shepard. Ninguém viu o líder da organização E a salvação do universo se mexendo lá embaixo? Acho que não.

Anderson entra DEPOIS de Shepard, mas chega no painel ANTES: VÁLIDA
Antes eu não acreditava muito nessa. O que acontece? Shepard entra e descobre que Anderson tá lá dentro também, mas eles foram parar em “lugares diferentes”. Daí quando você alcança o painel, Anderson já tá lá. Antes eu achava que ok, o raio teletransportou os dois para lugares diferentes, tudo bem, e sinceramente ainda acredito um pouco nisso, mas POR QUE Anderson que como ele disse entrou DEPOIS chegaria num lugar MAIS PERTO (porque atrás do Shepard só tem parede e só tem UM CAMINHO pro painel)? Ah, foi aleatório. Ok, isso pode ser mesmo, mas então porque no mass effect 1 vemos claramente que esses raios te levam de um ponto específico para outro específico? Não tem meio ponto no caminho.

Cenário da Citadel: PARCIALMENTE VÁLIDA
Não porque eu não acredito, mas não tenho como dar certeza. Eu posso dizer que o corredor inicial é muito parecido com a Collector Base sim (usando as memórias de Shepard) mas a parte das placas parecer com a DLC Arrival eu não tenho como saber porque eu não joguei, então deixei essa parcial.

1M1: PARCIALMENTE VÁLIDA
Em alguns pontos da Citadel você vê essa sigla, que de acordo com alguns entendedores, significa “Dioptry” que em português seria Dioptria, que significa também convergência. Convergência possui 3 significados: 1 – Ato de unir-se 2 – um lugar de encontro 3 – a intersecção de 3 raios, azul, verde e vermelho (rgb). Analisa as três definições. Não parece exatamente estar querendo definir o final do ME3? Principalmente a última? (as cores do final). Por que parcialmente então se faz tanto sentido? Por que eu acho extremamente forçado. Tipo, ok, é MUITA coincidência, mas ao mesmo tempo é tão… Surreal. E levando em consideração como disseram no documentário de mais de uma hora, se a Bioware queria fazer outro final, por que raios colocar 1M1 no ME1?

Painel de controle da Citadel do “sonho” é diferente da de verdade: VÁLIDA
Mas espera, antes de tudo, no ME1 a Citadel não foi destruída? Você não pode usar isso como base. PARCIALMENTE destruída, e não a ponto de reestruturar DESSE JEITO. E ao mesmo tempo que o jogo tenta mostrar que não é a Citadel, no final ele mostra claramente as “asas” se abrindo ao redor, como se fosse mesmo a Citadel. Ou seja, Dafuq? Mas seus sonhos não tem ambientes que mudam que não são do jeito tal na vida real? Eu sei que nos meus sim. Além do mais, na Citadel, perto do painel, tem milhões de caminhos pra percorrer, enquanto nessa aí só tem um reto que dá exatamente onde você tem que ir.

Munição infinita: VÁLIDA
Quando tivemos munição infinita? Mass Effect 1. Tá, era diferente. No ME1 era outro sistema, e mesmo sendo, a gente podia ver na tela quanto faltava pra dar pau na arma. Por que agora não temos nada? AHNNN????

Illusive Man é o lado doutrinado e Anderson é o lado que resiste: VÁLIDA
Vamos começar dizendo que, acho que pelas evidências, a aparição do Anderson lá é muito mais explicado. Tendo isso em vista criou-se a teoria dos dois serem dois lados da mente de Shepard. Primeiro por que DAFUQ o Illusive Man tá fazendo ali? E se quer provas disso tudo bem, lembra quando o Illusive Man te faz atirar no Anderson? Tá, lembra que você atira no LADO ESQUERDO DA BARRIGA DELE? Se não lembra vai pros vídeos. Ok, depois que você senta com ele e tem aquele momento de “conseguimos, mas estamos morrendo” Shepard pega no EXATO LUGAR onde Anderson foi atingido e tá SANGRANDO, tipo, sangue fresco. Se esse ferimento foi do Harbinger, por que ele só pegou nele AGORA? E por que voltou a sangrar tanto? Eu lembro que quando vi a cena do close na mão sangrando dele eu pensei que era pra demonstra como ele tá morrendo, mas talvez seja a Bioware querendo mostrar pra gente que tem alguma coisa a mais aí. E aquela câmera não aconteceu porque era bonitinha. A fotografia de ME3 foi melhor que muito filme por aí, eles não colocariam essa cena se não fosse algo. Há mais coisas que ajudam essa teoria dos dois serem dois lados da mente dele, mas ela vai se “provando” com as outras, então vamos continuar.

Barulho bizarro durante a conversa com o Illusive Man: PARCIALMENTE VÁLIDA
De novo não tenho como dizer muito sobre, já que muito da tese da galera aqui é a partir dos livros que eu tenho, mas não li ainda. Mas o barulho lembra muito o do sonho, não é algo? Então, quando eu ouvi no jogo, achei que era porque o Illusive Man tinha chegado e tava tentando aumentar seu domínio e ele estava dominado pelos reapers. Faz sentido, mas se for ele mesmo ali e isso for tudo verdade, meio que também faz sentido.

Poderes novos do Illusive Man e dos reapers: NÃO É VÁLIDA
A questão é que, primeiro eu não lembro de prova alguma que Illusive Man não tem poderes desse jeito ou mesmo os reapers, então considerando que tenham. Então por que eles não usaram logo? O Illusive Man porque ele nunca quis matar o Shepard, só quando desiste mesmo dele (tem esse final no jogo, se ele mata o Anderson se não me engano) e os reapers querem controlá-lo também. Não teria por que usar.

Pedaços das sombras oleosas: VÁLIDA
É só perceber que quando o Illusive Man parece estar fazendo avanço e te convencendo a atirar no Anderson, as bordas da tela começam a ficar com o mesmo aspecto das sombras pretas. As sombras não apareciam só em sonhos? Ah tá.

Admiral Hackett OI?: VÁLIDA
Como raios ele sabia que o Shepard estava vivo? Ué, ele não sabia, ele chamou o Shepard pelo rádio pra ver se estava. Fair enough, e como ele sabia que o Shepard tava na Citadel? Ué, se ele respondeu e chegou até o raio, devia estar não? Então por que Hackett não vai mandar ajuda pro Shepard? Por que ele não tentou fazer contato antes? E como RAIOS o aparelho da armadura do Shepard AINDA FUNCIONA depois de ter sido obviamente danificado? O herói da galáxia tá prestes a fazer a maior missão de todas, ele não vai mandar ninguém. Ok, pode ter sido sim um erro na história, eu até acreditaria nisso, mas parece meio forçado.

Illusive Man não tem sangue: PARCIALMENTE VÁLIDA
Quando ele se mata (se ele se matar) você vê que não tem um vestígio de sangue. Ok, pode ter sido erro, mas não lembro de ter visto esse tipo de erro na série, sem contar que quando Saren se mata dá pra ver uma espécie louca de sangue azul. Mas como já vimos isso acontecendo em outros jogos, pode sim ter sido descuido no final das contas.

Condição física de Shepard: NÃO É VÁLIDA
Uma hora tá morrendo, dai no corredor tá melhor, e depois do tiro tá caído, mas quando chega a criança tá bem… Só coloquei como não válida porque eu não vejo onde isso prova qualquer coisa da teoria, mesmo sendo estranho.

Shepard flutua: NÃO É VÁLIDA
Várias pessoas testaram essa, é uma mecânica do jogo, as vezes os personagens flutuam, nada demais nisso.

A criança que só Shepard vê: VÁLIDA
Essa é tão clara que até EU VI antes de qualquer coisa de teoria. Você tá falando com ela, daí ela some, daí ela corre no meio de um monte de pessoas e ninguém vê, ela sobe na nave com soldados que ajudam civis e ninguém ajuda, e dafuq gente, é uma criança, aí mesmo que iam ajudar. Certeza que a criança é alguma manifestação, se não fosse não apareceria no final. E se Shepard ficou louco e tá alucinando com a criança no começo o no final?A criança no final pra mim é tipo um VI, então por que raios Shepard alucinaria com ela antes de ter visto qualquer coisa? A menos que de novo, ele seja vidente. E tá, por que Shepard quer salvar tanto o garoto se ele é só uma manifestação dos reapers? POR QUE ELE NÃO SABE! Ele só sabe que viu um moleque morrer e tá cheio de culpa. Mas nada tema, uma parte do cérebro dele sabe disso, por isso no último sonho quando alcança a criança ele queima. É a parte Anderson dele dizendo “NÃO OUVE ELE!”

A voz da criança é Shepard: PARCIALMENTE VÁLIDA
Eu nem duvido que realmente seja a Shepard mulher com o Shepard homem mais a criança. E se é mesmo, por que todo o trabalho em gravar a voz deles se não é nada demais. Bioware tá se achando espertinha né? Mas daí por que parcialmente então? PORQUE EU NÃO CONSIGO OUVIR! Eu fecho os olhos, presto atenção, mas não identifico nenhum dos dois.

Sherpard não é ele mesmo: NÃO É VÁLIDA
Para essa evidência virar evidência em primeiro lugar, as pessoas tentam lembrar que Shepard sempre pergunta TUDO para TODAS as coisas que ele encontra no seu caminho, e pro garoto não. Primeiro, ele só pergunta se você fizer, segundo, cacete velho, supondo que isso seja verdade e ele tá passando por tudo isso mesmo e não é sonho, o cara foi atingido por um raio, o melhor amigo morreu, o outro se mato, ta machucado, mancando… Ele não vai ficar perguntando mil e uma coisas mesmo ué, eu não faria isso muito menos o cara que tá cansado. Mas ele não destruiu suas duas representações lá atrás, da mente? Será que ele não tá cansado por causa disso? A teoria da doutrinação não fala que as habilidades mentais ficam comprometidas depois de um estágio? Mesmo assim, eu acho que o fato dele estar exausto é muito mais viável e aceitável que toda a interpretação que as pessoas estão fazendo.

Os três finais: VÁLIDA
Há muito a se pensar nessa parte, mas vamos lá. No final você é dado 3 opções, Control, Synthesis e Destroy, que seria controlar os reapers (paragon), juntar vida orgânica e não orgânica (neutro) e destruir toda a vida não orgânica (renegade). Agora hora da confissão, eu peguei o control e se a indoctrination theory terminar por ser verdade eu vou ficar muito decepcionada comigo mesma, mas ok. A teoria diz que destroy é o final certo. Eu achei muito difícil quando eu ouvi isso, porque além de matar os reapers, também mata o geth E a EDI, como matar inocentes seria o certo? Ok, casualidades da guerra, geth não tem alma, tralala tem todos esses argumentos, mas tem um que me indica muito claramente que isso é um sonho e que Destroy na verdade não destrói ninguém. Quando Legion tá te convencendo a não acabar com toda a raça dele, ele diz que eles podem te ajudar a construir o Crucible. Por que raios ele te ajudaria a construir um negócio que a opção mais clara de destruição dos reapers envolve a destruição deles? Ah mas o Legion não sabia. Tá, indo pra esse lado, supondo que o geth descobre no meio da sua construção, eventualmente eles IAM descobrir o que o Crucible fazia, certo? E alguém teria visto “ei, pera aí…” Não tem como aquele bando de raça, incluindo os asari que são considerados os mais inteligentes terem visto como funciona o Crucible, ver das 3 opções e não causar um bafafá. Eles TINHAM que saber como essa tecnologia funcionava e que alguém teria que escolher algo o que causaria uma puta briga. Então por que não soubemos de nada? Por que o Admiral Hackett também não sabia já que ele diz pra Shepard “nada está acontecendo”? Porque não existe as três escolhas, os protheans não fariam isso e fim. Ou seja, na verdade a opção Destroy é a opção na mente de Shepard que representa ele negando a doutrinação pros reapers e indo viver feliz pra sempre representada por Anderson, mas nisso eu chego mais tarde. Porque Shepard se prendeu ao objetivo, ele tinha que destruir os reapers e ponto, por isso aparentemente parece tão ruim pra gente, pra que não fossemos até ele porque a criança na verdade é uma representação do reaper e NÃO QUER SER DESTRUÍDA! Mas nisso eu chego depois também. Control era você controlar os reapers, fazer exatamente o que o Illusive Man queria e vimos que deixou ele louco, mas aparece como paragon, bonitinha, ninguém morre, exatamente para que seja escolhida. Os reapers QUEREM que você a escolha, porque é a representação na mente de Shepard de tipo “não vou destruir vocês” e a doutrinação acontece. ASSIM COMO a escolha de Synthesis. Primeiro que isso já me pareceu errado desde o começo. Mandar TODO MUNDO virar meio humano meio máquina? Pode ser o estágio que for, impor isso na galáxia inteira só me parece terrivelmente errado. E é a maneira mais clara do Shepard aceitar a doutrinação, por isso seria errada também. Dai tá, por que os reapers colocariam tanta opção dele ser doutrinado e só uma de não ser? Talvez porque essa parte da mente do Shepard seja mais forte, e vamos lembrar que é tudo simbolismo, não existe isso mesmo de acordo com a teoria e é tudo sonho. Portanto o final não decide o que acontece com o universo, o que tinha que acontecer já foi, o final decide o que acontece com Shepard. Ainda duvida? Então porque só em DESTROY o Shepard acorda do “sonho”?

Folha do sonho: VÁLIDA
Essa é mais técnica e nada a ver com interpretação: Acharam uma imagem num arquivo do jogo que tinha fotos de folha e a legenda era FOLHAS DO SONHO. Ok, a folha do sonho do Shepard que ele tem no Normandy. NÃO! As folhas são MUUUITO parecidas com as do final do jogo quando o Normandy para em nowhere. Por que essa legenda? Só se essa parte for um sonho! O sonho de como Shepard achava que tinha terminado as coisas no final. Quando ele usa destroy a EDI não tá lá porque ele acha que a matou, quando é Synthesis aparece as coisas meio máquina meio orgânico e por aí vai.

Cores e valores trocados pelos reapers: VÁLIDA
Lembra que no começo eu falei como achei estranho Anderson ser renegade e Illusive Man paragon? Pois é, porque isso é de propósito. Os reapers fizeram assim, então vamos lá. Você sempre acreditou no Anderson, tem amigos não orgânicos e sempre em tese foi o símbolo da salvação. Aparentemente você vai seguir o caminho disso, certo? Aham, tá, os reapers sabendo disso mudam a sua mente. O Destroy, que destruiria os reapers E QUE o livra da doutrinação é representado como a opção RUIM. Por que? Porque eles não querem que você a escolha. Anderson tava errado o tempo todo, veja só. Enquanto a boa é a do Illusive Man, que sempre foi o fdp do rolê e foi a favor dos reapers. E caso você não acredite ainda, é só lembrar do final de ME2. Quando você destroi a base dos collectors o Illusive Man fica bravinho e a cor no final? AZUL! Ou seja, a opinião dele era CONTRÁRIA ao azul, que é o paragon. Ok, continuando, se você dá a base pra ele, ele fica feliz e a cor é vermelha, renegade. Por que AGORA ela seria trocada sendo que a gente SABE que o Anderson faz só bondade e o Illusive Man só maldade? Por que os reapers querem que você se confunda, negue seu ideal, a destruição dos reapers e o Anderson e a memória dele que lutava CONTRA os reapers e siga o Illusive Man. Shepard não diz essa hora “Ele (illusive man) estava certo o tempo todo?” POIS É! É isso que eles querem que você pense. Na verdade, o jogo não doutrinou Shepard, e sim você, porque o Shepard não vê as cores das opções do diálogo, a gente vê. A Bioware sabe que a maioria dos jogadores se considera Shepard, então o doutrinado não é ele só, é a gente. Quando vemos a cor azul já assumimos que é paragon, mas na verdade não é, e mesmo eu me sentindo muito traidora por não seguir o Anderson eu fui na azul porque achei que fosse uma opção boa. E pensar na morte do Legion ser em vão e da EDI me assustava demais. Bom, os reapers conseguiram me doutrinar no final das contas.

Luz de fundo: VÁLIDA
Parece que o sol está nascendo do lado renegade. Isso não faz muito sentido, não geograficamente. É sútil, mas será que não é uma forma frustrada da parte boa de Shepard apontar que aquele era o melhor caminho? Siga a luz? Mas os indícios de Paragon pro lado de Control são muito maiores. CLARO! Por que a parte doutrinada tá MUITO mais forte!

Saren e Illusive Man já escolheram errado: VÁLIDA
Vamos pensar um pouco nisso. Saren só falava o tempo todo que queria unir as duas formas de vida, que aquele era o estágio final do desenvolvimento. O que aconteceu? Foi doutrinado, perdeu a mente, se matou e virou um boss fdp. Illusive Man insistia que deviam tentar controlar os reapers para o bem da humanidade. Ele estava louco e de acordo com seus olhos, doutrinado (já vou chegar na parte dos olhos) e cansa de mostrar ele como doutrinado no sonho. Foi o que eu lembro de ter pensado para não escolher Synthesis: Por que a Bioware nos mostraria dois personagens agonizando depois de doutrinados se Synthesis fosse tão certo? Pois é.

OS OLHOS!: VÁLIDA
O jogo, assim como vários guias oficiais de Mass Effect, deixam bem claro que os olhos de uma pessoa doutrinada tem esses círculos azuis estranhos que o Illusive Man e Saren tinham (se não lembra, procura no google). Perceba que se você escolher control ou synthesis, os olhos do Shepard ficam DO MESMO JEITO! Mas ele se desintegra nessas duas e na destroy não. Mas agora quando alguém se desintegra o olho fica azul? E por que eles adicionariam isso em dois finais e em um não? Deixaram incompleto mesmo? Acho difícil.

Criança como manifestação dos reapers: VÁLIDA
Sim, voltando para isso. Uma coisa que eu fiquei pensando também, mas não dei muito crédito quando eu estava jogando foi a criança, quando explicando sobre a opção destroy, dizer “eu sei que você pensou em nos destruir”. Oi? Nos destruir? Destruir quem meu filho? Ué, você não disse que destroy destruía toda a vida não orgânica? Se ele é um VI, então óbvio que ele vai se incluir. Primeiro, ele não é uma “vida” e sim uma arma, um computador, não é como se toda a tecnologia fosse ser destruída. Depois, MESMO QUE FOSSE, Shepard nunca pensou em matar toda a vida não orgânica, ele só pensou em destruir os reapers. Sem contar que quando você pega destroy, a criança some. Mas se ele é não orgânico… De novo, não faz sentido, ele não é uma “vida” como o geth ou a EDI.

Shepard não é imune a doutrinação: VÁLIDA
Quantas vezes não vimos Shepard se metendo com tecnologia de reapers, mais do que seus companheiros. Por que todo mundo que chega nesse ponto é doutrinado e Shepard não? Na verdade sim, ele é, mas isso vem junto com a última evidência que eu vou falar.

Companheiros que estavam com você chegam ao Normandy: PARCIALMENTE VÁLIDA
Quando eu fui pra essa última missão levei o Kaidan e o Garrus, que eram respectivamente meu LI e meu melhor amigo no jogo. Pois bem, se você pega o máximo de pontos possíveis lá, o final mostra o Joker, seu LI e seu melhor amigo saindo do Normandy. Mas se eles estavam comigo na hora da explosão, como raios eles conseguiram chegar ao Normandy sendo que eu fui atingida? Além de teletransporte, que não é o caso, e favoreceria a ideia do “sonho”, Shepard querendo seus amigos bem e tralala, eu pensei que talvez Shepard, Anderson e mais uma galera tivesse disparado na frente e quando viram o que aconteceu e disseram no rádio “ninguém sobreviveu, recuar” eles o tivessem feito, mas as chances são bem pequenas. Outra coisa que eu pensei é que esse podia sim ser um erro. Porque você vai ver o LI, Joker e o melhor amigo saindo da nave independente do que acontecer, e se o jogo assume que você não os levou na missão final? Seria uma grande falha, mas no mundo dos jogos já vimos isso acontecer, então pode sim ser parcial.

Shepard não é super homem/mulher: VÁLIDA
Independente do final que você escolhe, tem uma explosão, certo? Ok, até aí tudo bem, mas espera aí, Shepard não morreu no Mass Effect 2 com muito menos? Mas Clarice, ele morre mesmo no final do ME3. NÃO EXATAMENTE! No final do ME3 se escolher DESTROY e tiver bastante war asset, Shepard VIVE (ou respira, enfim). Tão verdade que está no guia oficial do jogo. Mas se teve uma explosão… Não tem como Shepard ter sobrevivido! De jeito algum! Ele teria caído no universo que nem no ME2, mas a diferença é que além de tudo ele tava completamente sem armadura e capacete, ou seja, ainda pior que no ME2. A menos que ele conseguiu poderes especiais de última hora, não sei como aconteceu.

Restos de Londres ao redor de Shepard: PARCIALMENTE VÁLIDA
Parcialmente porque acho muito sutil e pode sim ter sido aleatório, mas enfim, os restos de prédios, estruturas e afins ao redor de Shepard no final destroy parecem muito mais com Londres do que com a Citadel. Mas não tem como o corpo ter chegado da Citadel até a terra, caído exatamente em Londres e sem o corpo dele não ficar em migalhas. MAS há sempre a chance de na verdade serem restos da Citadel que só parecem com Londres.

Shepard não foi o doutrinado, VOCÊ FOI!: VÁLIDA
Bom, isso eu pensei um pouco por mim e um pouco pelo que vi por aí. O que deixa isso mais óbvio para mim e mata o mistério são as cores no final. Vamos pensar: Apesar de no jogo inteiro azul ser bom e vermelho ser mal nas opções de fala, o Shepard em si, o personagem, nunca vê essas cores. Quando você vai fala na vida real não aparece uma rodinha com opção (talvez a vida fosse mais fácil se aparecesse né?). Ou seja, quem sabe das cores somos NÓS, não Shepard. Então tanto faz a cor da escolha do final para ele, ela está lá para os JOGADORES. Então beleza, aí voltamos para a questão do Anderson ser o renegade e o Illusive Man ser paragon. Se Shepard não vê essas cores ou não as entende como nós, ele não liga se Illusive Man é azul e Anderson é vermelho, mas NÓS ligamos e NÓS ficamos confusos. Porque a bioware não queria doutrinar o Shepard, queria doutrinar os JOGADORES! Não de verdade né, dããã, mas de um jeito que fôssemos enganados. Supondo que a Bioware são os reapers e nós o Shepard e entendemos o sistema de cores, eu se fosse um reaper/Bioware com certeza trocaria tudo para o Shepard escolher o que eu quero e ele sucumbir a minha doutrinação. Foi exatamente o que a maioria caiu, iludida com a melhora da synthesis e não querendo matar o geth/EDI e se confundindo com a cor no control. Só os que mantiveram o objetivo na cabeça, acabar com os reapers, ou seguiam renegade desde sempre ou nem ligavam para geth/EDI, que é uma minoria, escolheram destroy, porque no jogo é uma minoria que resiste a doutrinação. Eu mesma tive dúvidas na hora. A synthesis já era opção cortada, mas eu me perguntei se não devia seguir Anderson até o final, porque né, um dos meus preferidos também, mas meu coração mole não quis sacrificar  todos os não orgânicos. Nessa eu, assim como muitos, fui doutrinada, e me sinto até meio burra. Tá, mas por que a Bioware não falou isso desde o começo e não deixou só o personagem ser? Porque essa é a GRANDE SACADA do final. Se isso é verdade, você entende que certeza que é o final mais genial de toda a história dos jogos (ou não mas um dos melhores)? Se o jogo simplesmente dissesse “olha só, você está sendo doutrinado, saia daí” não teria tanta graça, e por isso a futura DLC, depois dos fãs surtarem, explicando o que realmente aconteceu, porque eventualmente temos que saber, mas a primeira jogada tem que ser no escuro.

Mas afinal Clarice, você acredita na teoria?
SIM! E muito. Mesmo com algumas coisas totalmente circunstâncias e outras que não tem noção, a maioria faz muito sentido, ainda mais todas juntas. E sinceramente? Bioware, se o final foi realidade e é isso mesmo, POR FAVOR mintam para nós e digam que acertamos na teoria, porque depois de tudo certeza que é a melhor saída. A menos que vocês tenham uma saída muito melhor. Pelo twitter oficial deles já percebemos que tem coisa escondida, então talvez seja algo até melhor que a doutrinação, mas pqp, OS FÃS SÓ QUEREM SABER O QUE ACONTECEU! Inclusive eu! Não pra meter o pau, mas porque nada faz sentido nessa frase! (há, marcelinho).

Desculpa pelo post gigantesco, mas eu precisava passar por tudo e eu realmente me diverti escrevendo isso. Os links estão bem aqui, sugiro que vejam, tem umas partezinhas que eu não cobri então talvez queiram ver minhas fontes.

http://www.youtube.com/watch?v=caAqFFhBn2U
http://www.youtube.com/watch?v=ythY_GkEBck
http://www.youtube.com/watch?v=ZZOyeFvnhiI

E é isso =D Tô querendo MUITO ver o que aconteceu no final das contas! E se a teoria for verdade, ou algo maior, pqp Bioware, você é genial!

PS.: Agora que o final é de partir o coração, É! Do momento que o Anderson morreu até o final eu não parei de chorar um minuto. O Shepard morrendo e lembrando dos amigos foi terrível, achei que ia secar, fiquei em choque o resto do dia.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Indoctrination Theory

  1. CLAP! CLAP! CLAP! Parabéns pelo post imenso, ainda não vi ninguém escrever tudo isso, com tantos detalhes em português. Bom, vamos lá!

    Algumas coisas são sim detalhes de pós-produção, por exemplo, ao contrario do que muitos pensam, Mass Effect não é um open-world, mas também não é linear, é algo entre isso, então quando você diz que no final eles terem bloqueado o “caminho de volta” é simples detalhe de produção, o jogo deixa de ser “levemente linear” e se torna linear. Já vi isso acontecer com outros jogos de Open World.

    Quanto a ele estar mais perto da entrada do raio faz sentido ele ter sido jogado para trás e não para frente, mas também faz sentido que ele estava em um declive relativamente grande e pessoas em declives… rolam.

    Sobre a munição infinita este é mais um mecanismo de pos-produção, você tem que usar sua pistola pouco… matar alguns reapers e depois atirar na cena do Anderson, agora imagina algum engraçadinho usando toda munição e dizendo: AH FIQUEI SEM MUNIÇÃO LÁ EM CIMA!!1! Então se resolve o problema assim.

    Acredito que este jogo é uma brisa sem fim mas não acredito que Shepard tenha sido manipulado pelos reapers até porque no final, bem no final mesmo um garoto conversa com seu avó, um humano em um planeta alheio e ele pergunta “Grand pa, can you tell me more stories about THE Shepard” porque o THE ressaltado, é como dizer: Me conte histórias sobre O pastor, algo como o nosso protetor e guia, já que Shepard virou um mito, afinal ele sim venceu os reapers e destruiu os Mass Relays, e as civilizações ficaram espalhadas pela galáxia perdidas com pouca ou nenhuma tecnologia, lembrando que os responsáveis pelos Mass Relays são os rapers e com eles mortos ninguém construiu outros. A falta de tecnologia é nítida, lembra do planeta que o Joker e povo cairam?

    Outros aspecto importante, a BioWare disse algo antes como “Shepard will die, this is his last game, blah blah blah” não quer dizer que não vão exisitir outros Mass Effects, mas a historia de Shepard chegou ao fim e ele sair vivo, estar controloado pelos repars implica uma continuação que não vai acontecer.

    Espero que o DLC com o final extendido traga todas as respostas que nós precisamos e espero que esta teoria continue sendo uma teoria ou iria de encontro com toda a filosofia da BioWare até agora.

    Um comentário rápido, como podem falar mal do final de um jogo, que leva as pessoas a pensarem tanto?

    De qualquer forma, novamente parabéns pelo momento Brisa com a Clarice e é isso 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s