A Decepção do Óscar 2015

oscar2014

“Ah! Você só descobriu que o Óscar não é justo agora?”

Não, claro que não. Óscar sempre foi um prêmio que elege os melhores baseados em interesse. Às vezes, o interesse e o melhor combinam, a cerimônia é linda e vemos pessoas que merecem ganharem. O óscar do ano passado, por exemplo, tiveram várias premiações merecidas, incluindo os vitoriosos da noite: 12 Anos de Escravidão e Gravidade.

Qual é o problema do Óscar desse ano? Vamos listar.

  • Só tem branco aqui?!: Todas as categorias só elegeram pessoas brancas, várias pessoas disseram que esse é o óscar mais “branco” desde 1998 (algumas fontes discordam, mas a maioria aponta 98). Esperamos que com os anos, a representatividade aumente, certo? Bom, segundo o óscar, não. Ainda preciso entender como tiveram a cara de pau de deixar David Oyelowo de fora de melhor ator e Ava DuVernay sem uma indicação de melhor diretora.

  • Será que só homens fazem filmes?: Não, mas isso não impediu a academia de só indicar diretores, produtores e roteiristas homens. Já mencionei no último tópico, mas vale ressaltar de novo a injustiça de não nomearem Ava, o Óscar perdeu a chance de fazer história com a primeira diretora negra indicada (e recebendo prêmio, por que não? O trabalho dela foi incrível). Vale também lembrar de Gillian Flyn, a roteirista de Garota Exemplar, um dos melhores filmes do ano, assim como um dos melhores roteiros do ano, completamente esquecido.

  • Filmes fracos sendo indicados: Sniper Americano pra melhor filme? É sério isso? Os Estados Unidos não cansa de transformar seus soldados em “heróis”, ignorando todos seus crimes? Será que filmes como A Teoria de Tudo ou O Jogo da Imitação mereciam lugar entre os melhores do ano? Será que Whiplash é um filme tão marcante assim? Será mesmo que a produção de 12 anos de Boyhood vale tanto, quando os outros aspectos não são tão bons assim? Todos os filmes são sobre homens cis brancos e os conflitos em suas vidas, o único que foge desse padrão é Selma, que também é o único filme que não tenho uma reclamação.

  • Os esnobados: Já expressei acima alguns exemplos de pessoas deixadas de fora, mas e quanto a filmes? Interestelar foi a minha grande decepção. Um filme que te comove do começo ao fim, uma viagem incrível… Totalmente esquecido, lembrado apenas em categorias técnicas, sendo que o filme é muito mais que técnica. Garota Exemplar, com um dos roteiros mais incríveis do ano, atuações e direção extraordinárias, deixado de lado, pouquíssimas indicações. Festa no Céu, Para Sempre Alice, Invencível, Grandes Olhos… A lista continua.

Por que será que essas injustiças ocorrem? A resposta: Segundo o Los Angeles Times, 94% da academia são brancos, 77% são homens, 86% possuem mais de 50 anos. É fácil imaginar aquele cenário de homens mais velhos que acham que todo o filme é bobagem, a menos que seja uma biografia de outro homem branco importante, não?

A academia esnoba filmes que sejam mais fantasiosos, esnoba filmes com mais diversidades e também esnoba qualquer pessoa que trabalhe na indústria que não seja o padrão que eles querem. Ano após ano nós vemos isso, a grande diferença é que esse ano está escancarado.

Quer mais alguns números pra ficar com raiva? Em mais de 80 anos de óscar, UMA mulher ganhou como melhor diretora, Kathryn Bigelow por Guerra ao Terror. Entre as melhores atrizes, duas eram negras, Halle Berry por A Última Ceia e Lupita Nyong’o por 12 Anos de Escravidão, além disso, 93% dos atores premiados eram brancos. Preciso continuar?

Vou assistir a cerimônia? Vou, amo cinema e há alguns ali que ainda vale torcer, mas espero que nos próximos anos a decepção vá diminuindo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s