O que aconteceu na E3 2016

e32016

Do dia 12 até 16 de junho os gamers do mundo todo ficaram acompanhando as notícias da E3 2016, que aconteceu em Los Angeles. Como sempre, rolaram muitos anúncios, novidades, continuações de franquias conhecidas e entrevistas. Então vou fazer um resumão do que as empresas falaram esse ano.

  • EA

maxresdefault1

Como esperado, a EA acabou deixando alguns títulos mais de lado para focar em eSports. Essa área de games tem rendido bastante e tem uma base de fãs muito grande, então não é de se surpreender que eles acabem se focando mais nesse tipo de jogo. Por outro lado, é um pouco chato para os fãs que também querem informações sobre outros títulos da EA.

Titanfall 2 não teve muito espaço, mas trouxe algumas novidades. Vimos um pouco da gameplay no multiplayer e agora também teremos uma opção de campanha offline, de acordo com a EA esse modo dará ao jogador uma oportunidade de entrar mais no universo do jogo. Com mais customização e seis titãs novos, o jogo será lançado no fim do ano.

Mass Effect Andromeda era o jogo que eu mais queria ver e infelizmente não vimos muito. Fiz alguns vídeos falando sobre isso, mas basicamente descobrimos que nosso novo protagonista viajará para a galáxia de Andromeda para encontrar uma nova casa para a raça humana. A Bioware diz que quer colocar muita coisa nova e mais liberdade do que qualquer outro jogo deles já teve. Para mais informações, precisamos esperar o fim do ano.

FIFA 2017 teve bastante destaque. Como sempre, a cada anos os gráficos estão melhores e um dos objetivos da EA é fazer com que o jogador se sinta como se estivesse em um jogo de futebol. Talvez a maior novidade tenha sido o fato de que agora teremos o modo história com o jogador Alex Hunter. Além de partidas, nesse modo poderemos interagir com outros jogadores, técnicos e outras cenas além do futebol em si.

A EA também apresentou o projeto EA Originals, uma iniciativa que busca apoiar produtoras pequenas que estejam criando jogos criativos e talvez não conseguissem tanta visibilidade. Isso veio da repercussão de Unravel ano passado e agora pudemos ver o jogo Fe, da produtora sueca Zoink Games. É um jogo de um filhote que se conecta com a natureza através de música e as criaturas malignas trazem o silêncio. Gosto muito mesmo de ver esse tipo de jogo tendo espaço em conferências desse tamanho.

Também vimos um pouco de Star Wars, sendo o único jogo da EA apresentado por uma mulher. Foi anunciado que os jogos que já temos da franquia ganhará conteúdo novo ao longo do ano. De acordo com a EA, eles ouviram o que os fãs pediram e vão incluir conteúdo dos novos filmes em Star Wars Battlefront no ano que vem. Sem dar muitos detalhes, também descobrimos que a partir de 2018 teremos mais jogos novos da franquia.

Um dos maiores títulos anunciados pela EA foi Battlefield 1. O jogo é ambientado durante a 1ª Guerra Mundial e de acordo com a EA as batalhas sempre serão diferentes uma das outras, seja pelo ambiente ao redor ou pela grande variedade de armas e veículos de guerra. Muitas pessoas tiveram a oportunidade de jogar durante a E3 e a grande maioria das impressões foram positivas, além disso a EA vai disponibilizar a versão beta nos próximos meses. O jogo será lançado em outubro desse ano e também foi apresentado durante a conferência da Microsoft.

Além desses jogos, a EA também falou de iniciativas como a Play to Give, que permitirá que os jogadores contribuam com instituições de caridade enquanto alcançam conquistas em jogos, e também falou sobre novos planos para incentivar e aumentar as competições de games, tanto de eSports quanto de outros jogos como Battlefield.

  • Bethesda

20823568dishonored2secretfromtheannouncementtrailerign-1441226102517

Ah, Bethesda! Sempre gosto das apresentações e dos jogos dessa empresa, esse ano não foi diferente. Com grandes lançamentos, a Bethesda se foca em dar mais espaços para os jogos de franquias mais conhecidas.

A conferência começou com o trailer de Quake Champions. O novo jogo da franquia é um FPS multiplayer em arena, exclusivo para PC. De acordo com a Bethesda, com personagens diversos, cada um deles terá habilidades e características bem particulares, além de se focar nos modelos de eSports. Receberemos mais novidades sobre o jogo em agosto.

Fallout 4 também teve espaço esse ano. Um dos melhores jogos de 2015 vai ganhar algumas novidades, como novas máquinas e recursos para construir um vault. O famoso Fallout Shelter também ganhará novidades, entre elas novos personagens e lugares. Outro título que voltou, mas esse já faz anos desde que foi lançado, é Skyrim. Confesso que gritei quando a música começou a tocar porque achei que eles iam anunciar Elder Scrolls VI. Não foi dessa vez, mas tudo bem, no próximo ano acho que rola. De qualquer forma, Skyrim terá uma versão remasterizada para a nova geração de consoles.

Também vimos o primeiro trailer do jogo Prey, da Arkane Studios. O thriller psicológico em primeira pessoa conta a história de Morgan Yu, uma cobaia de um experimento para melhorar a raça humana. A nave onde esses experimentos estão sendo feitos é atacada por alienígenas e Morgan precisa enfrentá-los. Assim como Quake, Prey terá mais informações divulgadas em agosto.

O grande destaque da Bethesda foi Dishonored 2, o jogo foi o que teve mais espaço na conferência, com trailer e vídeo de gameplay. O jogo se passa 15 anos depois do primeiro e você pode escolher jogar com o Corvo ou a Emily. A experiência de jogo vai variar dependendo da escolha do jogador e dos poderes de cada protagonista. Apesar da experiência de furtividade estar sendo aprimorada, o jogador pode escolher resolver as coisas na porrada. A Bethesda também diz que as habilidades dos protagonistas estão melhoradas. É muito legal que eles tenham dado mais espaço para Emily durante a apresentação, mas ao mesmo tempo não vimos uma mulher subir ao palco nessa conferência. De qualquer forma, Dishonored 2 sai no final desse ano.

Além de todos esses lançamentos, a Bethesda também anunciou que alguns de seus jogos, como Fallout 4 e Doom, ganharão versões de realidade virtual em 2017.

  • Microsoft

final-fantasy-xv-2015-08-31-15-001_zn35

O primeiro jogo que a Microsoft anunciou foi Gears of Wars 4 que agora terá uma versão para PC. Uma coisa muito legal da parte deles foi incluir o crossplay (que é quando o arquivo de save serve para mais de uma plataforma) entre XboX One e PC. Além do vídeo com a gameplay, também vimos uma nova versão de controle baseada no jogo. Também descobrimos que o mais novo personagem de Killer Instinct é General Raam, de Gears of Wars.

Os fãs de corrida comemoraram com Forza Horizon 3. De acordo com a Microsoft, esse será o título com a maior variedade de modelos de carros da franquia, além de opções de Jeeps. Outra novidade é o modo cooperativo instantâneo em que você não precisará buscar por jogadores para uma corrida. O jogo sai no final desse ano.

Apesar de ter tido um espaço pequeno, o lançamento de Recore é confirmado para setembro desse ano. O vídeo mostrou gráficos e gameplay, sabemos que é um jogo de ação e aventura, mas durante a conferência nada foi comentado. A Microsoft também deu espaço para jogos indie, que pra mim é sempre importante. Entre eles está Inside e também We Happy Few, o jogo da Compulsion Games que inclusive teve espaço para mostrar um trailer em primeira pessoa.

Um dos títulos mais esperados talvez seja Final Fantasy XV. Já temos bastante informações sobre esse jogo e aparentemente o novo título continuará com as características marcantes de Final Fantasy. A Microsoft mostrou um pedaço da gameplay de Noctis lutando. Além dos gráficos ótimos e a jogabilidade parecer funcionar bem, deu pra ver que teremos quick time events. O jogo, também apresentado durante a conferência da Sony, será lançado em setembro desse ano e as expectativas em cima desse RPG são bem grandes.

O próximo anuncio começa com a Microsoft falando que jogadores de The Witcher 3 gastavam horas sentados jogando Gwent e eu me identifiquei com isso. Por causa desse sucesso, a CD Projekt lançará Gwent para XboX One e PC, o jogo terá os gráficos melhorados, mas as regras são basicamente as mesmas que as do jogo original.

Tekken foi um jogo que marcou minha infância, então foi quase nostálgico ver que Tekken 7 será lançado em 2017. Não, o jogo não é exclusivo para XboX One, então as pessoas que, como eu, jogaram tudo até agora no PlayStation, podem ficar tranquilas. Outro jogo que será lançado em 2017 é Halo Wars 2. O jogo mostrará as lutas entre os Espíritos de Fogo e os Banidos.

Outros jogos mencionados foram Dead Rising 4, o novo Minecraft Realms, Scalebound com um vídeo que mostra o modo cooperativo do jogo e Sea of Thieves em que as pessoas jogam como piratas. Infelizmente só duas mulheres subiram no palco, mas já foi mais que a Bethesda. Além de todos esses jogos, a Microsoft anunciou o XboX One S, a versão slim do console.

  • Ubisoft

maxresdefault2

Quando vemos um palco todo colorido com muita gente dançando, sabemos que a conferência da Ubisoft começou. Eles me ganharam com a apresentação da Aisha Tyler, Dont Stop Me Now do Queen e uma homenagem às vítimas de Orlando.

Just Dance 2017 será lançado para todas as plataformas, incluindo a geração antiga de consoles. Entre as músicas que estarão no jogo temos Cheap Thrills da Sia, Worth It do Fifth Harmony e o novo vício geral: Sorry do Justin Bieber.

De acordo com a Ubisoft, o lançamento Ghost Recon Wildlands é o maior jogo de ação e aventura da empresa. A história fala sobre o controle da produção de cocaína pelo cartel mexicano e o jogo se passará na Bolívia. A Ubisoft deixou um bom espaço na sua conferência para mostrar a gameplay do jogo.

South Park: The Fratured But Whole ganhou seu primeiro vídeo de gameplay e também um novo trailer. O jogo conta a história de um super-herói de mentira e a jogabilidade parece ter melhorado desde o último jogo. Ele será lançado no fim desse ano.

Algo que surpreendeu durante a conferência foi Star Trek: Bridge Crew, um jogo cooperativo de realidade virtual em que os jogadores controlam uma nave muito similar à Enterprise. O jogo gerará missões de modo história aleatoriamente e estará disponível no final desse ano. A conferência da Ubisoft não teve só jogos. A empresa mostrou um pouco da produção do filme de Assassin’s Creed, que terá Michael Fassbender e Marion Cotillard no elenco.

Watch Dogs 2 era um dos grandes jogos esperados. A Ubisoft reservou um tempo considerável para a apresentação desse título, inclusive com um vídeo de mais de 10 minutos de gameplay que mostrou Marcus Holloway em uma das missões. O jogo parece ser ótimo e será lançado no final desse ano.

Outros títulos mencionados foram: A nova DLC de The Division, o jogo de realidade virtual Eagle Flight, o novo lançamento For Honor, o jogo de esportes radicais Steep e a continuação de Grow Home, Grow Up. Apesar de Aisha Tyler comandar a conferência, além dela só mais uma mulher subiu no palco.

  • Sony

maxresdefault3

A conferência da Sony sempre me faz perder o fôlego, esse ano não só com os jogos, mas também pelo grande salão e a orquestra tocando. A Sony também começou a conferência fazendo uma homenagem às vítimas de Orlando.

A apresentação começou com o grito coletivo quando o Kratos apareceu na tela e assim eles anunciam um novo God of War. Vimos um vídeo de cerca de 10 minutos de gameplay, com um Kratos mais velho ensinando seu filho a caçar. Todo o estilo do jogo me pareceu um tanto quando diferente dos outros God of War e eu to bem interessada pra ver esse novo jogo da franquia.

Horizon Zero Dawn foi um dos jogos que mais me chamou atenção no ano passado. Não só por ter uma mulher protagonista (apesar disso ajudar), mas também por toda a atmosfera diferente de criaturas que são meio máquinas. No novo trailer e vídeo de gameplay, a Sony mostra a protagonista Aloy lutando para sobreviver nesse ambiente hostil. O jogo foi adiado para 2017 infelizmente, porque eu mal posso esperar para ver os dinossauros robôs ou seja lá o que essas coisas são.

Jogo novo da Quantic Dream? Já quero! Adoro o trabalho dessa empresa e o trailer de Detroit: Become Human só deixou tudo mais interessante. Apesar da Sony não ter dito muito sobre o jogo na conferência, podemos esperar um jogo muito focado em história e com sistema de escolhas, como a Quantic Dream normalmente faz.

Quando o Kojima subiu no palco, meu coração apertou. Será que um jogo maravilhoso que foi cancelado ia voltar? Aí eu vi o Norman Reedus na tela e gritei. Só podia ser Silent Hills de novo, né? Bom, não era, mas tudo bem, ser gamer é passar por esses momentos. Mesmo não sendo o que eu queria, Death Stranding chamou minha atenção. Não sabemos muita coisa sobre, só que é um jogo de ação que Kojima quer fazer “algo diferente”.

Muitos outros jogos foram anunciados: O pós-apocalíptico Days Gone, a data de lançamento de The Last Guardian, o novo Call of Duty, a remasterização da franquia Crash e o novo jogo do Homem-Aranha. Apesar de ter sido uma das conferências que mais gostei, a Sony infelizmente não teve nenhuma mulher no palco.

  • Nintendo

wii-u-zelda2-1200x675

A conferência da Nintendo foi bem menos cativante que as outras e na minha opinião eles não souberam dividir bem o tempo para apresentar cada jogo. Mesmo eu que amo pokemon fiquei entendiada em certos momentos.

Durante a apresentação de Pokemon Sun e Moon, nós vimos um bom pedaço da gameplay do jogo, além de alguns pokemons novos: Yungoos, tipo normal, Pikipek, tipo normal/voador, e Grubbin, tipo inseto. A tela de status dos pokemons foi aprimorada para ser mais fácil de visualizar. Além disso teremos um novo tipo de batalha pokemon onde quatro treinadores lutam, mas é cada um por si. O jogo sai no final desse ano.

Também tivemos o novo jogo da franquia Zelda, chamado Legend of Zelda: Breath of the Wind, que foi o jogo mais comentado de toda E3 2016. Não é pra menos, Zelda é uma franquia que marcou gerações e tem uma base de fãs muito grande. A Nintendo apresentou um vídeo que mostra bastante da gameplay, vemos Link usando magia, lutando, escalando árvores, explorando o mundo aberto do jogo e interagindo com outros personagens. Tudo do jogo parece muito promissor, mas a Nintendo deu uma bola fora quando Fiji Aonuma explica porque descartaram a possibilidade de colocar a princesa Zelda como protagonista do novo jogo, a Rebeca falou mais sobre isso aqui.

Apesar de meio confusa e com pouco pra mostrar se comparado com as outras empresas, a Nintendo conseguiu ter o jogo mais comentado.

Temos alguns jogos que são mais do mesmo, mas também parece que temos muitas coisas interessantes vindo aí, tanto franquias novas como continuações. Vamos torcer para que esses jogos sejam bons e para que nosso bolso não sofra tanto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s