Yuri!!! On Ice é uma das maiores surpresas do ano

yurionice

Yuri!!! On Ice é provavelmente o anime mais falado dessa temporada. Dirigido por Sayo Yamamoto, Yuri!!! On Ice tem 12 episódios, sendo que o primeiro foi lançado no começo de outubro. No Crunchyroll’s Anime Awards 2016, o anime foi indicado para várias categorias, inclusive Anime do Ano.

Yuri Katsuki, um patinador de gelo, fica arrasado com seu desempenho na final do Grand Prix. Duvidando de si mesmo, da sua carreira e tudo que construiu até aquele momento, Yuri volta para a sua família no Japão. Yuri visita sua amiga de infância, Yuko, que possui um ringue de patinação no gelo e lá ele consegue fazer toda a coreografia avançada de Viktor Nikiforov, que é ídolo de Yuri e também o maior patinador no gelo atualmente. Yuri nem percebe que seu treino está sendo gravado e vaza na internet. O resultado é que Viktor assiste o vídeo e resolve ir até o Japão, se oferecendo para treinar Yuri e ganhar o próximo Grand Prix.

A história de Yuri!!! On Ice acompanha Yuri nessa nova jornada, enquanto o relacionamento entre ele e Viktor vai se desenvolvendo ao longo dos episódios. O anime com certeza não é perfeito, alguns pontos da narrativa levantam a pergunta do “Qual a chance?”, sem contar todos os comentários que Yuri ouve no começo por estar “fora de forma”. Apesar da narrativa fluir bem na maioria das vezes, o último episódio não conseguiu ser tão marcante quanto outros, que tinham surpreendido a audiência. Por mais que a primeira temporada tenha concluído os pontos imediatos, ainda há coisas em aberto e novos caminhos para a próxima temporada. Mas Yuri!!! On Ice acerta bastante e com certeza o suficiente para juntar uma quantidade grande de fãs.

A arte do anime é linda, assim como as coreografias de dança. Pode cansar um pouco ver tantas performances, uma seguida da outra, mas até eu que não tenho muito saco para isso ficava empolgada com as apresentações. Isso porque, por mais que a pessoa não seja fã de assistir pessoas patinando no gelo, aquilo tudo é importante para o personagem, o anime transmite o peso daquele momento, então isso passa a ser grande para nós também.

Yuri!!! On Ice mostra patinadores de várias partes do mundo, o que é bem legal, e também torna esses personagens interessantes. Nosso foco é Yuri e sua relação com Viktor, mas nós também queremos saber sobre Yurio, Phichit, Chris… Até J. J., que era um personagem não muito querido pelo público, ganha seu próprio espaço para mostrar que é mais que um patinador que se acha incrível. Cada um dos competidores encara a competição de uma forma e isso torna o momento da patinação ainda mais legal. Isso tudo é feito por aqueles monólogos internos durante as apresentações, o que poderia ser chato, mas funciona. Primeiro porque o anime é uma mídia que permite que esse tipo de recurso aconteça sem ser muito esquisito, segundo porque nos leva para dentro da cabeça dos personagens.

yuri

No meu entendimento, além do que já falei, há dois pontos importantes que fizeram Yuri!!! On Ice ter esse sucesso todo. O primeiro ponto é a jornada do Yuri. Ele começa no fundo do poço, derrotado, desacreditando de si mesmo, ouvindo comentários terríveis e querendo desistir de tudo. Yuri ama patinar, mas ele tem certeza que aquilo não é para ele, afinal de contas sua baixa auto-estima e seus últimos resultados o fazem querer desistir de tudo. Isso não é um sentimento incomum. Quantos de nós tem uma paixão e nos pegamos pensando “eu devia desistir”, “isso não é para mim”, “eu não sou tão bom quanto fulano”. A sensação de falhar, de não querer continuar e largar tudo infelizmente é comum, por isso é fácil se identificar e se conectar com Yuri.

Uma das principais mensagens do anime é não desistir. É sobre como a gente pode se levantar, mesmo que estejamos no fundo, ou no caso do Yuri, mesmo que tenha sido o último colocado na competição anterior. Yuri!!! On Ice mostra para quem assiste que é importante levantar, tentar de novo e seguir fazendo o que ama. Tem uma coisa muito interessante também na escolha da idade de Yuri. Ele tem 23 anos no começo, o anime nos mostra que Yuri está ficando “velho” para patinar. Isso me fez pensar sobre quantas pessoas nessa idade acabam se sentindo em relação a cobranças da vida, talvez porque eu mesma regule de idade com Yuri. Há toda uma cobrança de que, quando chegamos aos 20, nós tenhamos certa independência, estejamos começando uma grande carreira, entre outras coisas que muitas vezes nos é cobrada, principalmente por parte da família. Isso também conversa com quem assiste. Sei que conversou comigo, essa vozinha na minha cabeça que diz que eu já devia ter feito muito mais, que devia estar gastando meu tempo e energia com outras coisas.

Independente de como cada um leia a jornada de Yuri, ela é um aspecto fácil para que o público se identifique, o que aumenta as chances de torcermos e acompanharmos com mais intensidade essa história.

O segundo ponto que fez Yuri!!! On Ice virar esse sucesso é a relação entre Yuri e Viktor. Não falo isso só do ponto de vista da fangirl que shippa muito (apesar disso ajudar), mas falo do ponto de vista da história, de uma relação bem construída que vai crescendo ao longo dos episódios. Yuri começa admirando Viktor, daí este vira seu treinador. Vemos momentos fofos, de um ajudando o outro, assim como um magoa o outro, o que é natural nas relações entre as pessoas, ainda mais quando elas são bem próximas e convivem bastante. Eles podem até se desentender, mas estão dispostos a se desculpar e melhorar. Há um romance acontecendo ali, e talvez por isso Yuri!!! On Ice tenha chamado a atenção, porque é raro ver uma relação assim entre dois homens ser construída de forma tão natural, sem estereótipos. Ainda mais em anime, que muitas das relações, não só as LGBT+, são representadas com um certo nível de abuso que é romantizado.

Nessa relação, Yuri!!! On Ice também passa uma mensagem sobre como, às vezes, tudo que uma pessoa precisa é que alguém acredite nela. Uma pessoa só, um relacionamento sincero, que de forma alguma diminui qualquer um dos personagens, e sim que os completam. Eu gosto de histórias em que os protagonistas não tenham necessariamente um interesse romântico, mas em Yuri!!! On Ice isso é construído de uma forma tão bonita que se torna um dos grandes pontos positivos. Sem contar que é um relacionamento saudável entre dois caras e a gente definitivamente precisa desse tipo de representação.

Quero fazer alguns outros comentários, mas vão ter um pouco de spoilers, então se você não quer saber, vai assistir Yuri!!! On Ice e volta aqui.

35b651d8e4f45464ab116442bed4bf68

OLHA COMO ELES SÃO LINDOS JUNTOS

Há algumas críticas em relação ao jeito que o relacionamento de Yuri e Viktor foi abordado. Algumas pessoas reclamaram sobre como ninguém ao redor dos dois pareceu estranhar os dois estarem juntos, principalmente quando os países de origem de ambos são conhecidos por sofrerem muito com homofobia (Japão e Rússia).

Eu acho super válido narrativas que mostrem as dificuldades de ser uma pessoa LGBT+, até para tentar incentivar a reflexão no público. Mas ela precisa acontecer sempre? O que mais temos são histórias trágicas e falta de aceitação em volta de personagens LGBT+. Será que é um problema tão grande que Yuri!!! On Ice tenha escolhido não mostrar isso? Que ao invés de preconceito, eles tenham escolhido um espaço seguro? Tanto na cena do beijo, que acontece no meio de uma torcida inteira, como quando os outros patinadores descobrem que Yuri e Viktor vão casar, ninguém fica incomodado. O máximo que acontece é surpresa, mas sempre com reações positivas. É fora do comum? Pode ser, mas é um alívio ver uma história em que isso não seja um problema. Para mim isso é um ponto positivo do anime. É importante ver críticas aos preconceitos da sociedade na mídia, mas também é muito bom ver personagens que fazem parte de minorias seguindo suas vidas e tendo outros problemas que não sejam preconceitos. Eu gosto de ver obras que criticam os preconceitos que me atingem, mas às vezes eu só quero ver pessoas como eu vivendo outras coisas.

Outra crítica que rolou foi o fato da cena do beijo ser “escondida” pelo braço de Viktor. Eu entendo que isso pode ter sido uma forma do episódio não ser censurado ou barrado, mas dá para entender porque algumas pessoas se incomodaram. Sim, eles se beijaram, mas quando vi a cena eu fiquei na dúvida. A gente tá tão acostumado com queerbaiting que queremos ver na tela da mesma forma que aconteceria em um relacionamento entre um homem e uma mulher. Por mais que o anime literalmente coloque os dois de aliança de casamento, às vezes eu sinto falta dos personagens falarem mais abertamente sobre estarem juntos.

Como já mencionei, o anime concluiu seus maiores pontos na primeira temporada, mas seria muito melhor com uma segunda. Houve uma promessa de casamento que os fãs com certeza querem ver, sem contar que a jornada de Yuri não acabou. Com a ajuda de Viktor, ele conseguiu de fato crescer, ganhar a confiança de volta e ir do último até o segundo lugar, o que é um avanço incrível. Como acontece na maioria das histórias desse gênero, o protagonista nunca ganha na primeira, é “fácil demais” se ele ganhasse, então faz sentido que Yurio tenha ficado em primeiro lugar, mas é importante para a história de Yuri que ele consiga, depois de errar algumas vezes, chegar até o topo.

Yuri!!! On Ice é ótimo e o anime tem tudo para continuar ainda melhor. Caso você ainda não tenha visto, corre lá! Quem já assistiu fica que nem eu, esperando pela segunda temporada e mais cenas do nosso ship mais lindo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s