Personagens LGBT+ também namoram

sense8-television-series-netflix-review-neeta

Hoje é dia dos namorados! Alguns ficam felizes com a data, outros não muito, mas querendo ou não é um dia em que as redes vão se encher de mensagens sobre estar namorando, amor e tudo o mais.

Nós sabemos que na ficção, muitas vezes os únicos casais que tem espaço para demonstrar seu amor um pelo outro são os considerados padrão: Um homem cis com uma mulher cis. Qualquer casal que escape disso, envolvendo ao menos uma pessoa LGBT+, geralmente são esquecidos. Já é difícil encontrar um personagem LGBT+ com uma representação interessante, então imagina um casal. Quando eles aparecem, tem um tempo de tela menor ou uma das pessoas morre, muitas vezes acabam não podendo ter finais felizes que pessoas hétero conseguem ter.

Mas já que é dia dos namorados e pessoas LGBT+ também namoram, resolvi listar alguns casais da ficção que não estão dentro desse padrão. Eu sei que não vai dar para listar todos aqui, mas esses são só alguns dos exemplos que eu já vi e acho legais de serem lembrados.

Continuar lendo

Anúncios

Yuri!!! On Ice é uma das maiores surpresas do ano

yurionice

Yuri!!! On Ice é provavelmente o anime mais falado dessa temporada. Dirigido por Sayo Yamamoto, Yuri!!! On Ice tem 12 episódios, sendo que o primeiro foi lançado no começo de outubro. No Crunchyroll’s Anime Awards 2016, o anime foi indicado para várias categorias, inclusive Anime do Ano.

Yuri Katsuki, um patinador de gelo, fica arrasado com seu desempenho na final do Grand Prix. Duvidando de si mesmo, da sua carreira e tudo que construiu até aquele momento, Yuri volta para a sua família no Japão. Yuri visita sua amiga de infância, Yuko, que possui um ringue de patinação no gelo e lá ele consegue fazer toda a coreografia avançada de Viktor Nikiforov, que é ídolo de Yuri e também o maior patinador no gelo atualmente. Yuri nem percebe que seu treino está sendo gravado e vaza na internet. O resultado é que Viktor assiste o vídeo e resolve ir até o Japão, se oferecendo para treinar Yuri e ganhar o próximo Grand Prix.

A história de Yuri!!! On Ice acompanha Yuri nessa nova jornada, enquanto o relacionamento entre ele e Viktor vai se desenvolvendo ao longo dos episódios. O anime com certeza não é perfeito, alguns pontos da narrativa levantam a pergunta do “Qual a chance?”, sem contar todos os comentários que Yuri ouve no começo por estar “fora de forma”. Apesar da narrativa fluir bem na maioria das vezes, o último episódio não conseguiu ser tão marcante quanto outros, que tinham surpreendido a audiência. Por mais que a primeira temporada tenha concluído os pontos imediatos, ainda há coisas em aberto e novos caminhos para a próxima temporada. Mas Yuri!!! On Ice acerta bastante e com certeza o suficiente para juntar uma quantidade grande de fãs.

A arte do anime é linda, assim como as coreografias de dança. Pode cansar um pouco ver tantas performances, uma seguida da outra, mas até eu que não tenho muito saco para isso ficava empolgada com as apresentações. Isso porque, por mais que a pessoa não seja fã de assistir pessoas patinando no gelo, aquilo tudo é importante para o personagem, o anime transmite o peso daquele momento, então isso passa a ser grande para nós também.

Yuri!!! On Ice mostra patinadores de várias partes do mundo, o que é bem legal, e também torna esses personagens interessantes. Nosso foco é Yuri e sua relação com Viktor, mas nós também queremos saber sobre Yurio, Phichit, Chris… Até J. J., que era um personagem não muito querido pelo público, ganha seu próprio espaço para mostrar que é mais que um patinador que se acha incrível. Cada um dos competidores encara a competição de uma forma e isso torna o momento da patinação ainda mais legal. Isso tudo é feito por aqueles monólogos internos durante as apresentações, o que poderia ser chato, mas funciona. Primeiro porque o anime é uma mídia que permite que esse tipo de recurso aconteça sem ser muito esquisito, segundo porque nos leva para dentro da cabeça dos personagens.

Continuar lendo